Grupo empresarial “abraça” luta contra o câncer de mama

O Grupo +Unidos, uma parceria entre a Missão Diplomática dos EUA por meio da Agência de Desenvolvimento Internacional Americana (USAID) e empresas americanas estabelecidas em território brasileiro, participou este ano, pela primeira vez, da campanha internacionalmente conhecida como “Outubro Rosa”. As ações impactaram mais de 26 mil pessoas entre funcionários e familiares das empresas que fazem parte do Grupo +Unidos.
Neste ano, o Grupo +Unidos através das empresas: Alcoa, AMD, Burson-Marsteller, Chevron, Citi, Cummins, General Motors, IBM, Intel, Motorola Solutions, Qualcomm e Walmart, vestiu-se de rosa juntamente com a organização das Américas Amigas durante o mês de outubro. Cada empresa do grupo mostrou seu engajamento com a causa de várias maneiras diferentes.
Para algumas empresas, a atividade de destaque foi palestras de conscientização. A AMD organizou um evento de confraternização para todos os funcionários, onde as representantes da Américas Amigas, Barbara Sobel e Francisca Harley deram uma palestra esclarecedora sobre a importância do diagnóstico precoce. Já o Citi organizou a palestra “Mulheres”, ministrada pelo Dr. Sergio Simon, presidente do Grupo Brasileiro de Estudos do Câncer de Mama. A Alcoa promoveu uma palestra com o Dr. Antonio Sérgio Petrilli do GRAACC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer) sobre o tema, com a presença da presidente das Américas Amigas, Sra. Francisca Harley.
A Burson-Marsteller fez uma ação de conscientização com seus funcionários sobre a importância da mamografia, além de uma ação lúdica, colorindo a empresa de rosa. Cummins e General Motors chamaram a atenção para a campanha, através da iluminação de um ponto estratégico das empresas de rosa durante todo o mês de outubro. A Cummins também inovou na decoração do restaurante da empresa e elaborou de um cardápio especial para o mês de outubro. Além disso, foi enviado um comunicado de conscientização junto à cesta básico de todos os funcionários.
Chevron, IBM, Intel, Motorola Solutions, Qualcomm e Walmart fizeram um esforço contínuo de comunicação interna, voltado a conscientizar funcionários e familiares da importância do diagnóstico precoce para a cura da doença. Foram divulgadas mensagens e folhetos com indicações para o autoexame e conscientização da importância da mamografia para mulheres a partir dos 40 anos. Além da distribuição de fitinhas e doces cor de rosa.
Quase todas as empresas também reservaram um dia do mês para os funcionários irem trabalhar de rosa reforçando o engajamento na luta contra o câncer de mama.
“O engajamento de tantas empresas na luta contra o câncer de mama é um sonho que se torna realidade” define Barbara Sobel, representante das Américas Amigas. Com duração de um mês, o evento busca mobilizar as pessoas acerca da importância da realização de exames preventivos para o câncer de mama. Embora o câncer de mama seja um dos tipos mais comuns da doença em todo o Brasil, de acordo com os especialistas, a medicina evoluiu bastante nos últimos anos e as chances de cura da doença, se diagnosticada ainda no início, são de 95%. E é por este motivo que a conscientização é tão importante.
Pesquisas indicam que no Brasil 44% dos casos de câncer de mama são detectados no estágio avançado, o que dificulta o tratamento e diminui as chances de cura. Como consequência, o índice de mortalidade pela doença é muito elevado entre as brasileiras: 42% das mulheres diagnosticadas com câncer de mama não sobrevivem.
Por isso, desde 2009, a organização das Américas Amigas formada por brasileiros e norte-americanos que se uniram na luta pela diminuição do número de mortes causadas pelo câncer de mama no Brasil, especialmente entre a população de baixa renda, promove ações de conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce da doença, doa mamógrafos e equipamentos correlatos à mamografia a instituições que atendam pacientes do SUS e promove treinamentos e cursos de aperfeiçoamentos para técnicos e médicos das suas instituições beneficiárias.

 

Fonte: Burson-Marsteller Brasil | Data: 08/09/2015

Deixe um comentário